1900

1905
A Star Furniture Company, uma fabricante de alta qualidade de quartos suítes de estilo tradicional, inicia suas atividades em Zeeland, Michigan, EUA.

1909
A Star Furniture Company é renomeada para Michigan Star Furniture Company. A empresa contrata Dirk Jan (D.J.) De Pree como atendente. De Pree tem 18 anos.


1910

1919
D.J. De Pree é nomeado presidente da Michigan Star Furniture Company.


1920

1923
A Michigan Star Furniture Company torna-se a Herman Miller Furniture Company quando D.J. De Pree convence seu sogro, Herman Miller, a adquirir a maioria das ações da Michigan Star Furniture Company. De Pree se torna o primeiro presidente da Herman Miller Furniture Company que continua a fabricar as reproduções de móveis tradicionais.

1927
D.J. De Pree funda a Herman Miller Clock Company. A empresa de relógios fabrica relógios com design tradicionais e, mais tarde, acrescenta os designs de Gilbert Rohde.

Um mecânico morre no trabalho. De Pree visita a família dele, ocasião em que a viúva do mecânico lê poesias de autoria do seu marido. De Pree, profundamente comovido, assume um compromisso de tratar todos os funcionários como indivíduos com talentos e potenciais especiais. A história do mecânico se torna parte da sabedoria da Herman Miller.


1930

1930
A Herman Miller, como muitas empresas, enfrenta o fracasso em meio ao tumulto da Grande Depressão. De Pree, procurando uma maneira de salvar a empresa, reúne-se com Gilbert Rohde, um designer de Nova York, no showroom da Herman Miller em Grand Rapids. Rohde convence De Pree a se afastar do mobiliário tradicional e se concentrar em produtos mais adequados às mudanças em necessidades e estilo de vida dos americanos.

1933
A Herman Miller lança seu mobiliário projetado por Rohde no Century of Progress Exposition em Chicago, EUA.

1937
D.J. De Pree transfere a Herman Miller Clock Company para seu cunhado, Howard Miller, que a renomeia como Howard Miller Clock Company.

1939
A Herman Miller inaugura um showroom no Merchandise Mart em Chicago.


1940

1942
O Executive Office Group, projetado por Gilbert Rohde, coloca a Herman Miller no mercado de móveis de escritórios. O sistema EOG, modular e versátil, é um precursor dos sistemas de mobiliário.

O showroom da Herman Miller, em Los Angeles, EUA, é inaugurado.

Charles e Ray Eames são encarregados pela Marinha para desenvolver talas de madeira compensada leves e moldadas para pernas.

1944
Gilbert Rohde falece e De Pree começa a procurar um novo responsável pela área de design.

1945
Depois de ler um artigo na revista Life sobre George Nelson e seu projeto de armário embutido, D.J. De Pree contrata-o para ser o primeiro diretor de design da empresa.

1946
O The Nelson Office projeta o logotipo estilizado "m" e introduz uma nova imagem corporativa para a Herman Miller.

É lançada a bancada plataforma Nelson.

São lançadas as cadeiras Eames Molded Plywood, Molded Plywood Lounge, a mesa Eames Molded Plywood Coffee e a divisória Molded Plywood Folding Screen.

O Museu de Arte Moderna de Nova York instala uma pequena exposição chamada "O novo mobiliário desenhado por Charles Eames", a primeira mostra de móveis do museu que consagra apenas um artista.

Nelson e De Pree contratam Charles e Ray Eames para fazer parte da equipe da Herman Miller.

1947 
A Herman Miller ganha os direitos exclusivos de mercado e distribuição dos produtos premiados Eames Plywood. Esses direitos são adquiridos da Evans Products Company de Grand Haven, Michigan, que detém os direitos de produção.

1948
A Herman Miller publica e vende um catálogo de produtos de capa dura, com texto de George Nelson e desenhos de The Nelson Office. O catálogo mostra a filosofia e os princípios sobre os negócios e designs da Herman Miller. Acredita-se que esta tenha sido a primeira vez que um catálogo de móveis tenha sido vendido e não distribuído gratuitamente. Torna-se um item de colecionadores.

A Herman Miller apresenta uma mesa de centro com tampo de vidro projetada por Isamu Noguchi.

1949
O local de fabricação da linha Molded Plywood muda das instalações da Evans Products em Grand Haven, Michigan, para uma fábrica da Herman Miller em Zeeland. Outra fábrica, que mais tarde se torna o Eames Studio, é aberta em Venice, Califórnia, EUA.


1950

1950
A Herman Miller torna-se a primeira empresa em Michigan a adotar o Plano Scanlon, um programa de gestão participativa e de participação nos ganhos. Isso inicia um longo relacionamento com o Dr. Carl Frost, que vai guiar os empreendimentos participativos da empresa por muitos anos.

São lançadas pela Herman Miller as primeiras cadeiras de fibra de vidro moldadas do mundo, projetadas por Charles e Ray Eames. São lançadas as peças Eames Storage Unit e as mesas Wire Base Table.

1951
A Herman Miller começa a sua longa parceria com Alexander Girard, célebre colorista e designer têxtil.

É lançada a mesa Eames Elliptical Table.

1952
Girard lidera a recém-formada divisão têxtil da Herman Miller, a Textile Division.

É lançada a lâmpada Nelson Bubble Lamp.

1953
São lançados os papéis de parede Girard e as peças de cabideiro Eames Hang-It-All.

1954
São lançados a mesa em pedestal Nelson e o sofá compacto Eames.

1955
As unidades de armazenamento Eames são descontinuadas. Elas serão relançadas em 1998.

A divisória dobrável Eames Molded Plywood é descontinuada. Ela será relançada em 1994.

São lançadas as poltronas Nelson Coconut e as cadeiras empilháveis Eames.

1956
A poltrona Eames Lounge Chair and Ottoman é lançada em cadeia nacional (no programa de TV The Today Show). A cadeira se torna um emblema altamente expressivo de qualidade e inovação da Herman Miller.

É lançado o sofá Nelson Marshmallow.

1957
As cadeiras Eames Molded Plywood, Molded Plywood Lounge e a mesa Eames Molded Plywood Coffee são descontinuadas. Elas serão relançadas em 1994.

A Herman Miller começa a vender seus produtos para o mercado europeu.

1958
Robert Propst torna-se um pesquisador da Herman Miller.

A Herman Miller começa a construir sua sede em Zeeland. George Nelson é o arquiteto principal. Uma nova fábrica é aberta em Venice, na Califórnia, e um showroom é inaugurado em São Francisco, EUA.

São lançadas as cadeiras Eames Aluminum Group.

1959
É lançada a linha Nelson's Comprehensive Storage System, que utiliza o espaço vertical para liberar o espaço habitacional.


1960

1960
A Herman Miller Furniture Company é incorporada, tornando-se a Herman Miller, Inc. A Herman Miller Research Division, que mais tarde se tornaria a Herman Miller Research Corporation, é aberta em Ann Arbor, Michigan, como uma subsidiária integral. Seu presidente é o inventor e professor Robert Propst.

As banquetas Eames Walnut são lançadas.

1961
A loja de varejo de acessórios e têxteis da Herman Miller, a Textiles and Objects Shop (conhecida como T & O), é aberta na cidade de Nova York. Ela será fechada em 1967.

O cabideiro Eames Hang-It-All é descontinuado. Ele será relançado em 1994.

1962
Hugh De Pree, filho de D.J., assume a liderança da Herman Miller, Inc., como presidente e diretor executivo. D.J. torna-se presidente do conselho diretivo.

São lançados os assentos Eames Tandem Sling Seating, que são instalados no aeroporto O'Hare de Chicago.

1964
Bob Propst e George Nelson trabalham juntos nos primeiros protótipos do Action Office 1, um grupo de unidades independentes que irão evoluir para o sistema Action Office.

A mesa elíptica Eames é descontinuada. Ela será relançada em 1994.

É lançado o sofá Nelson. São lançadas as mesas de jantar Eames..

1965
O sofá Marshmallow é descontinuado. Ele será relançado em 1999.

1966
Com cerca de 150 revendedores, a Herman Miller expande sua presença para a América Central e do Sul, Austrália, Canadá, Europa, África, Oriente Próximo, Escandinávia e Japão.

1967
A bancada plataforma Nelson é descontinuada. Ela será relançada em 1994.

Na Suíça, a Herman Miller lança a cadeira Panton, cadeira em uma peça única e inteiramente de plástico. Será vendida até 1975.

1968
A Herman Miller lança o sistema Action Office, primeiro sistema modular aberto do mundo, formado de painéis e componentes de fixação. Projetado por Robert Propst, o AO, como ele viria a ser chamado, revoluciona o design de escritório e gera toda uma nova indústria.

O livro de Robert Propst, The Office: A Facility Based on Change, é publicado.

É lançada a cadeira espreguiçadeira Eames.

1969
D.J. De Pree deixa o cargo de presidente do conselho diretivo. Hugh De Pree torna-se o novo presidente do conselho.

A Herman Miller do Reino Unido é criada. Tem responsabilidades de vendas e marketing em todo o Reino Unido e Escandinávia.

São lançadas as cadeiras Eames Soft Pad.


1970

1970
A Herman Miller, Inc., oferece ações para o público. O escritório Eames Office projeta o certificado de ações.

A Herman Miller abre uma nova unidade em Bath, Inglaterra.

1971
A Herman Miller entra no mercado de saúde/ciência, com a introdução do sistema Co/Struc, baseado em um conceito originado por Bob Propst na década de 1960.

1973
São lançadas as poltronas Eames Soft Pad Lounge, as mesas para executivos e as mesas retangulares com base segmentada.

A mesa de centro Noguchi é descontinuada. Ela será relançada em 1984.

1974
O Rapid Response torna-se o primeiro programa de frete rápido da indústria.

São lançados os assentos modulares Chadwick, projetados por Don Chadwick.

1975
Uma grande exposição, a "Nelson, Eames, Girard, Propst: The Design Process at Herman Miller", é inaugurada no Walker Art Center em Minneapolis, EUA.

1976
A Star Industries, mais tarde chamada Integrated Metal Technology, torna-se uma subsidiária da Herman Miller. O edifício C é incluído no prédio principal.

A Herman Miller lança a cadeira Ergon, e uma nova era de assentos ergonômicos se inicia.

The Design of Herman Miller, de Ralph Caplan, é publicado pela Whitney Library of Design.

1979
A Herman Miller abre o Facility Management Institute, em Ann Arbor, Michigan, ajudando a estabelecer a profissão de gestão de instalações.


1980

1980
Uma nova unidade de fabricação de assentos é construída em Holland, EUA. O local de produção do edifício B é convertido em espaço de escritório.

Max De Pree torna-se o presidente do conselho e diretor executivo.

1981
O Burdick Group é apresentado.

São lançadas as paredes móveis V-Wall.

O Herman Miller's Energy Center começa a queimar resíduos para gerar energia elétrica e a vapor para colocar em funcionamento as instalações de fabricação da empresa no prédio principal de mais de noventa mil metros quadrados.

1982
A Tradex, Inc., torna-se uma subsidiária da Herman Miller, proporcionando a facilidade de compra de estações de trabalho, armários, estantes e assentos. Seu nome é posteriormente alterado para Phoenix Designs e, depois, para Miller SQA.

A Vaughan Walls, Inc., uma fabricante de paredes móveis e modulares, torna-se uma subsidiária da Herman Miller.

1983
Um plano de compra de ações especial é estabelecido para todos os funcionários da Herman Miller, tornando-os acionistas.

1984
A Herman Miller abre instalações na Inglaterra e França.

É lançada a cadeira Equa, o sistema Ethospace e o sofá Eames./p>

1985
A Milcare, uma subsidiária integral, é formada a partir da Health/Science Division da empresa, iniciada em 1971. Será renomeada para Herman Miller for Healthcare em 1999.

O Congresso Internacional de Design nomeia Charles Eames "O designer mais influente do século" e o Action Office "O design mais significativo" desde 1960.

São abertas revendas na Coreia, Malásia e Austrália.

A Herman Miller Research Corporation publica o The Negotiable Environment.

1986
George Nelson falece..

A Custom Choices Division é fundada para oferecer produtos fora do padrão.

É iniciada a construção do Design Yard em Holland, Michigan.

É lançado o suporte Scooter.

1987
As melhorias no Action Office tornam-o em Action Office Encore (posteriormente renomeado para Action Office Series 2).

Dick Ruch é nomeado o diretor executivo da Herman Miller, a primeira pessoa fora da família De Pree a ter esse título.

É lançado o mobiliário Newhouse Group.

1988
Ray Eames falece.

Max De Pree publica o Leadership is an Art.

São lançadas as cadeiras Ergon 2 e os armários com suporte Ethospace.

1989
A cadeira Equa ganha o prêmio de Design da Década da revista Time.

Os funcionários da Herman Miller criam o Equipe de Ação para a Qualidade do Meio Ambiente (EQAT) para coordenar os programas ambientais de toda a empresa e envolver o maior número possível de funcionários.


1990

1990
A Meridian torna-se uma subsidiária da Herman Miller.

A Herman Miller é a única fabricante de mobiliário de escritório a ser um dos membros fundadores da Tropical Forest Foundation. Outros cofundadores incluem a Caterpillar, a Audubon Society e o Bank of America.

D.J. De Pree falece.

1991
É lançado o Action Office Series 3.

A Herman Miller lança o Supplier Diversity Program, um programa para aumentar as oportunidades de negócios para empresas pertencentes a mulheres e minorias.

1992
J. Kermit Campbell torna-se o quinto diretor executivo e presidente da Herman Miller -- a primeira pessoa de fora da empresa a ter ambos os cargos.

A Herman Miller do Reino Unido recebe um registro ISO 9002.

1993
A Herman Miller torna-se um membro fundador do Conselho de Green Building dos EUA, a única fabricante de mobiliário de escritório na lista de origem.

Alexander Girard falece.

A Herman Miller começa a usar madeira de cerejeira e nogueira de fontes sustentáveis, no lugar do jacarandá em extinção, na linha Eames lounge chair and ottoman.

A Herman Miller e a Meridian recebem os registros ISO 9001.

A primeira conferência ambiental da empresa é realizada.

1994
A Herman Miller retorna ao mercado mobiliário residencial com o lançamento da Herman Miller for the Home. Suas ofertas incluem novos designs, bem como a reintrodução do mobiliário clássico moderno das décadas de 1940, 1950 e 1960.

A Herman Miller GreenHouse recebe o prêmio Pioneer Award do USGBC (Conselho de Green Building dos EUA). Os critérios utilizados para a Greenhouse tornam-se a base para o protocolo de certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) do USGBC.

A Herman Miller compra a Righetti, uma subsidiária integral no México.

A Herman Miller inicia a construção do novo edifício Phoenix Designs em Holland, Michigan. Esse edifício mais tarde se torna a Miller SQA e, em 1999, a Herman Miller GreenHouse.

A Herman Miller é citada pela revista Fortune como uma das 10 empresas mais ambientalmente responsáveis do país.

A Herman Miller, Inc., lança a cadeira Aeron, e o Museu de Arte Moderna de Nova York a acrescenta à sua coleção 20th Century Design Collection.

A Herman Miller recebe o prêmio Environmental Achievement Award da National Wildlife Federation em 1993, por seu compromisso com a administração do meio ambiente.

1995
É criado o site da Herman Miller, www.hermanmiller.com.

Max De Pree se aposenta do Conselho Diretivo. J. Kermit Campbell demite-se do cargo de diretor executivo. Mike Volkema torna-se o diretor executivo.

São lançadas as cadeiras Ergon 3, Equa 2 e Ambi.

1996
O novo edifício de fabricação e escritórios da Miller SQA ("simples, rápido e acessível", do inglês "Simple, Quick, Affordable") inicia suas operações..

É lançado o mobiliário Arrio Freestanding System.

1997
A Herman Miller e a Geiger Brickel, uma fabricante de armários, estantes e assentos de madeira de alta qualidade, com sede em Atlanta, Geórgia, EUA, estabelecem uma aliança estratégica de vendas.

Pela nona vez em 10 anos, a revista Fortune nomeia a Herman Miller como a empresa de móveis "mais admirada" nos EUA.

1998
A Herman Miller for the Home lança os tapetes Meinecke e aumenta sua oferta de produtos clássicos, adicionando unidades de armazenamento Eames e almofadas, revestimentos e centros de mesa em tecidos com padronagens de Alexander Girard.

A Herman Miller lança o mobiliário Passage, as cadeiras para visitantes Aeron e Ambi, os produtos de suporte ergonômico Accents Collection e as práticas mesas CLT.

A Herman Miller International lança o sistema de mesas de trabalho Verve Freestanding na Europa..

A Miller SQA lança a cadeira de trabalho Reaction e a cadeira para visitantes Aside.

As empresas Meridian, Milcare, Miller SQA, Coro e Performis -- antigas subsidiárias -- tornam-se parte da Herman Miller, Inc. A Milcare torna-se a Herman Miller for Healthcare.

1999
A Herman Miller lança a coleção Kiva Collection, as cadeiras Caper Chair e os pedestais da série Meridian 140 e 160, e exibe o sistema Resolve na NeoCon.

A Herman Miller for the Home lança o sofá Goetz, e relança o sofá Nelson Marshmallow.

A cadeira Aeron ganha o prêmio de Design da Década da revista Business Week e da Industrial Designers Society of America (IDSA).

A Herman Miller adquire a Geiger Brickel.


2000

2000
É lançada a Herman Miller RED, uma empresa on-line focada em atender às necessidades de mobiliário de escritório das pequenas empresas em geral e, em particular, da crescente indústria da Internet. Mudanças em larga escala na economia global exigem o fechamento da empresa em 2001.

A cadeira Eames Plywood é nomeada o "Design do século" pela revista Time.

2001
O sistema Resolve da Herman Miller é incluído no acervo permanente do Museu de Arte Moderna e na coleção do Museu de Arte do Brooklyn nos EUA.

É lançado o programa DOT (Design on Textile), que permite uma personalização do cliente nos ambientes de trabalho, inicialmente com as divisórias que são parte do sistema Resolve.

2002
A renovação da instalação do escritório corporativo C-1 da Herman Miller recebe o LEED Ouro (Leadership in Energy and Environmental Design) em Edifícios Ecológicos, o décimo padrão Ouro dentre apenas 10 certificações concedidas em todo o país.

A Herman Miller lança o PostureFit, um grande avanço ergonômico em assentos projetados para sustentar uma postura saudável e melhorar significativamente o conforto da região lombar. A tecnologia PostureFit é oferecida como uma opção na cadeira Aeron da Herman Miller. Uma versão passiva torna-se parte de cada cadeira Mirra.

2003
A Herman Miller lança a cadeira Mirra, uma cadeira de trabalho de alto desempenho e ambientalmente avançada, sendo a primeira peça de mobiliário de escritório a ser desenvolvida desde sua concepção de acordo com os princípios de economia circular Cradle-to-Cradle.

A Herman Miller MarketPlace recebe a certificação LEED Ouro. Nessa época, um dos poucos edifícios em todo o país a alcançar essa distinção.

2004
A Herman Miller recebe a certificação GreenGuard em qualidade do ar em ambientes internos para a maioria de seus produtos..

Pela 16ª vez em 18 anos, a Herman Miller é classificada como a empresa "Mais Admirada" na indústria de mobiliário pela pesquisa anual da revista Fortune. A revista também aponta a Herman Miller dentre as empresas mais inovadoras do mercado, colocando-a no 4º lugar geral entre as quase 600 empresas pesquisadas..

Pelo quinto ano consecutivo, a Herman Miller está entre "As 100 Melhores Empresas Cidadãs" de acordo com a revista Business Ethics -- uma dentre as únicas 29 empresas a ganhar um lugar na lista, todos os anos, desde a sua introdução em 2000.

Brian Walker torna-se o presidente e diretor executivo.

2005
A Herman Miller lança a cadeira Celle projetada por Jerome Caruso. O sistema Cellular Suspension oferece "células" maleáveis moldadas de polímeros e elos para flexionar responsivamente em combinação com os movimentos do corpo durante todo o dia de trabalho. A cadeira Celle é fabricada com energia "ecológica", contém 33% de material reciclado, é 99% reciclável e pode ser desmontada em menos de cinco minutos, utilizando ferramentas manuais comuns.

O Herman Miller Creative Office lança a tecnologia Sonare Technologies / A Herman Miller Company, e apresenta o premiado Babble, uma solução de gerenciamento de som para conversas confidenciais.

2006
A Herman Miller lança a luminária Leaf, uma luz de mesa LED (diodo emissor de luz) que proporciona eficiência energética. Sua tecnologia patenteada permite ajustar a intensidade e a coloração da luz. Utiliza 40% menos energia do que uma lâmpada compacta fluorescente de 13 watts.

A Herman Miller conclui a construção de sua sede europeia, VillageGreen, em Chippenham, Inglaterra. O seu design recebe a classificação Excelente do Building Research Establishment Environmental Assessment Method (BREEAM) do Reino Unido.

A Herman Miller revela o My Studio Environments, um conceito inovador em design de espaço de trabalho aberto. Projetado por Doug Ball, é o primeiro sistema de escritório aberto de acordo com os princípios Cradle-to-Cradle do McDonough Braungart Design Chemistry (MBDC) e critérios de Design para o Meio Ambiente (DfE) da Herman Miller.

A Convia / Herman Miller Company é lançada e apresenta seu principal produto chamado Convia Programmable Infrastructure.

A luminária individual Leaf é selecionada para os acervos permanentes do Museu de Arte Moderna e do Cooper-Hewitt, National Design Museum, em Nova York.

2007
A Herman Miller investe em duas fábricas e uma sede nacional na China para apoiar a rápida expansão da base de clientes da empresa no país e em toda a Ásia, escolhendo Ningbo como o local para suas operações de fabricação, e Xangai, a maior cidade industrial na China, para o seu escritório principal.

2008
A Herman Miller compra a Brandrud Furniture, Inc., uma fabricante de mobiliário de saúde com sede em Seattle, EUA.

A Herman Miller lança a cadeira Embody projetada por Jeff Weber e pelo falecido Bill Stumpf. Projetada especificamente para as pessoas que trabalham longas horas em computadores, a cadeira Embody é a primeira cadeira de trabalho que beneficia a mente e o corpo.

A Herman Miller International lança o sistema de mesas de trabalho Sense projetado por Daniel Korb. Modular e independente, o Sense é um produto único devido a sua montagem sem ferramentas. Seus componentes travam, se ajustam ou se encaixam no lugar, podendo ser montados e remontados de forma rápida e fácil.

2009
A Herman Miller lança a cadeira Setu projetada pelo Studio 7.5. Ao considerar cada molécula que compõe a Setu, os designers avançaram na ciência da desmaterialização, oferecendo mais desempenho com menos material.

A Herman Miller começa a aplicar os princípios do Sistema de Desempenho da Herman Miller ao trabalho dos seus revendedores. Os benefícios para os clientes incluem uma redução de 40% no tempo de instalação.

Uma aliança com a Legrand North America, que vende produtos Wiremold, incorpora o nosso produto Convia nas caixas elétricas de teto e piso Wiremold. Isso marca um ponto decisivo na comercialização do Convia.

A Herman Miller compra a Nemschoff, Inc., uma fabricante de mobiliário de saúde com tecnologia de ponta e alto desempenho, sediada em Sheboygan, EUA.


2010

2010
A Herman Miller lança a cadeira Sayl projetada por Yves Béhar. O design é tão acessível como criativo. Todos os componentes são reduzidos a suas formas essenciais, alcançando o máximo desempenho possível com a menor quantidade de material..

A Herman Miller torna-se a primeira empresa do setor mobiliário e uma das primeiras empresas do mundo a abastecer 100% de suas instalações com energia renovável. Isso a coloca a quase 50% no caminho para a neutralidade de carbono.

A Herman Miller compra a Colebrook Bosson Saunders (CBS), uma líder mundial em design, fabricação e distribuição de ferramentas de trabalho ergonômicas com sede em Londres..

A Herman Miller lança o Thrive, o seu novo portfólio abrangente de produtos ergonômicos baseados em pesquisas e líderes da indústria. O Thrive combina produtos positivos para a saúde com orientações sobre como usá-los corretamente para proporcionar aos clientes soluções ergonômicas completas.

O programa Herman Miller Supplier Diversity celebra o seu 20º aniversário. No ano fiscal de 2010, a despesa total da Herman Miller com empresas de propriedade de minorias atingiu 14,5%, o equivalente aos líderes em diversidade entre as corporações norte-americanas.

A Herman Miller lança o sistema Compass para quartos hospitalares projetado por Gianfranco Zaccai e uma equipe da Continuum. Um sistema de componentes pendurados na parede, o Compass faz avanços significativos em termos de funcionalidade, controle de infecção, e facilidade e segurança de uso para cuidadores..

2011
A Herman Miller lança o Canvas Office Landscape. Um trabalho de contribuição de vários designers, mais recentemente Jeffrey Bernett e Nicholas Dodziuk do CDS em Nova York, com base no trabalho anterior de Douglas Ball e Joey Ruiter. O Canvas traz escolha, harmonia e conexão a todos os tipos de organizações e praticamente qualquer interior.

A Herman Miller entra em um acordo para a aquisição da POSH, a principal fabricante de mobiliário de escritório de qualidade na Ásia. As marcas combinadas representam um dos portfólios de produtos mais abrangentes na região Ásia-Pacífico.

A Herman Miller torna-se a distribuidora exclusiva nos EUA e Canadá dos produtos Magis e Mattiazzi. Empresas italianas conhecidas pelo design inventivo e profissionalismo avançado, a Magis e a Mattiazzi expandem as opções para as áreas de colaboração, internas e externas.

"Merchants of Virtue" é publicado. Escrito pelo jornalista independente e escritor Bill Birchard, o livro conta histórias sobre os esforços da Herman Miller para cuidar da Terra e ser uma boa administradora do meio ambiente.

A Herman Miller faz parceria com o MASS Design Group para emprestar recursos e suporte dos funcionários a projetos humanitários na área de saúde em Ruanda e no Haiti.

2012
A Herman Miller relança a Herman Miller Collection, um novo portfólio abrangente de designs modernos autênticos que permite selecionar, equipar e criar ambientes completos em uma variedade de composições — desde a sala de reuniões da diretoria até o jardim. Inspirando-se na coleção original, concebida em 1948 por George Nelson, o portfólio renovado representa “a criação contínua de uma coleção permanente, projetada para atender plenamente aos requisitos da vida moderna”.

A Herman Miller conclui a aquisição da POSH, uma fabricante de móveis de escritório na Ásia, expandindo assim a sua presença global, adicionando um design amplo de produtos e capacidades de distribuição em toda a China.

2013
A Herman Miller adquire a Maharam Fabric Corporation, designer mundial com sede em Nova York e fornecedora de tecidos de alta qualidade para interiores comerciais, da área de saúde e residenciais.

A Herman Miller introduz a cadeira de trabalho Mirra 2, o mais recente avanço em assentos de alto desempenho. A Mirra 2 é uma cadeira mais ágil, leve e responsiva, que se move em harmonia com o usuário e oferece um suporte dinâmico, mesmo ao mais leve movimento do usuário.

A coleção da Herman Miller, em colaboração com o Eames Office, reintroduz a Cadeira de plástico moldado de Eames em fibra de vidro, um retoque à classe que aproveita os avanços contemporâneos com processos de fabricação e materiais químicos ambientalmente sensíveis..

A Herman Miller lança o Living Office, uma nova visão para o design de escritório que cria sincronização entre as pessoas e os ambientes emergentes de trabalho. O Living Office é uma integração, centrada no ser humano, das ferramentas e produtos que viabilizam o trabalho, o que cria um ambiente de trabalho mais natural, desejável e produtivo.

A Herman Miller introduziu o Locale, projetado por Sam Hecht e Kim Colin da Industrial Facility. O Locale permitiu a criação de ambientes de trabalho dinâmicos e de alto desempenho em plano aberto.

A Herman Miller introduziu o Public Office Landscape, um sistema de componentes de superfície, armazenamento e assentos que permite às pessoas um movimento livre entre conversas e tarefas. Projetado por Yves Béhar e sua equipe na fuseproject, o Public transformou cada parte do escritório — incluindo as mesas individuais — em lugares de colaboração.

2014
A Herman Miller anunciou a Earthright, uma nova estratégia de sustentabilidade que se baseia em mais de 50 anos de aprendizagem ambiental e comprometimento. A Earthright descreveu várias metas de 10 anos, como atingir um número zero de resíduos em todas as suas instalações, consumir 50 por cento menos água e reduzir a intensidade de energia em 50 por cento.

A Herman Miller lançou a Healthcare Living Office, uma abordagem modular, centrada no ser humano, para ambientes de saúde que permite aos profissionais, trabalhando em todo um sistema de saúde, personalizar os seus métodos, suas ferramentas e espaços..

A Herman Miller introduziu a Renew, as Mesas Sit-to-Stand são as mais recentes. A Renew oferece uma amplitude completa de movimento com suporte para ajudar as pessoas a ficarem mais ativas e saudáveis no trabalho..

A Herman Miller adquiriu a Design Within Reach, a maior varejista de design moderno de autoria e com qualidade da América do Norte. A aquisição impulsionou os esforços rumo a um crescimento estratégico no canal do consumidor.

A Herman Miller estreou a ferramenta Environmental Product Declaration (EPD) para ajudar os clientes e designers de interiores a obter informações sobre a sustentabilidade de um produto, permitindo que as pessoas tomassem decisões de compra mais bem informadas..

2015
O programa Herman Miller Supplier Diversity celebrou o seu 25º aniversário. A Herman Miller gasta mais de 15 por cento com fornecedores de propriedade de minorias e mulheres, em harmonia com os líderes em diversidade dentre as corporações dos EUA..

A Herman Miller lançou o Metaform Portfolio, um sistema flexível e modular com acessórios funcionais que permite às pessoas ajustar seus arredores conforme haja necessidade de evoluir. A mais recente inovação em materiais, os blocos do Metaform foram criados a partir de um material abundante, reciclável e resistente ambientalmente.

A Herman Miller abriu a PortalMill, um espaço de fabricação e escritório com 16.000 m² no Reino Unido. As novas instalações aumentaram a eficiência da empresa e as capacidades de distribuição em todo o Reino Unido, na Europa e no Oriente Médio.

2016
A Herman Miller abriu a Matriz de Nova York, trazendo a família de marcas da empresa sob um mesmo teto pela primeira vez. Um espaço de loja, showroom e escritório com 5.600 m² foi ancorado à primeira loja da Herman Miller na América do Norte, com abertura programada para o fim de 2016.

A Herman Miller formou uma parceria estratégica com a naughtone, uma empresa britânica especializada em assentos macios estofados e outros produtos colaborativos. A parceria ampliou o portfólio de produtos da Herman Miller, bem como a sua produção e suas capacidades de desenvolvimento de produtos em todo o mundo.

A Herman Miller introduziu o Keyn Chair Group, uma variedade dinâmica de cadeiras de reunião e cadeiras laterais, projetadas pela forpeople para oferecer conforto natural e dar suporte às pessoas conforme se mexem e trocam de postura.

A Herman Miller lançou o Exclave, um conjunto coeso de produtos usado para criar ambientes colaborativos em todo o ambiente de trabalho. Projetado pela Continuum, o Exclave capacitou equipes de alto desempenho, integrando o ambiente, o mobiliário e as ferramentas em ecossistemas colaborativos..

A Nemschoff lançou uma expansão significativa da Nemschoff Classics, peças inspiradas em designs de meados do século que antes faziam parte da oferta residencial da empresa. A Nemschoff Classics demonstrou a liderança na categoria institucional da Nemschoff e atendeu à mudança para espaços residenciais confortáveis em todos os setores do contrato.