Charles e Ray Eames

Banqueta Eames Walnut

Uma madeira maciça Eames Walnut Stool.
 

Escultura na forma de assento

Três Eames Walnut Stools, cada um com um perfil distinto.

Banqueta Eames Walnut

São realmente banquetas? Locais para sentar? São mesas? Suportes para plantas? Peças marcantes para residências, escritórios e salas de espera? Sim. Elas já foram chamadas de peças de xadrez abstratas. Bem, não. Fabricadas em madeira de nogueira maciça, essas banquetas projetadas por Charles e Ray Eames podem ser usadas em qualquer lugar, sozinhas ou em grupos, e são lindamente versáteis.

Três opções de visual
A seção central da banqueta Eames Walnut é criada em três perfis moldados de maneiras distintas. Escolha o desejado, ou escolha dois ou três; o mesmo ou diferentes. Cada banqueta é fabricada com nogueira transformada. Pode levantar; você consegue dizer instantaneamente que é madeira sólida. Altura: 38 cm. Diâmetro superior: 33 cm. Diâmetro inferior: 28 cm.

 

Histórico do design

Quando foi construído, em 1959, o edifício da Time-Life era o maior arranha-céu com laje de Nova Iorque. Era uma maravilha moderna, com recepção ultramoderna e murais de Joseph Albers e Fritz Glarner. Em 1960, Ray Eames foi convidada para projetar móveis ocasionais para a recepção a fim de acompanhar cadeiras projetadas por seu marido, Charles.

Treinada como escultora, Eames criou as banquetas de nogueira que se tornaram seus assentos preferidos e foram espalhadas por toda a casa em Pacific Palisades que dividia com Charles.

Certa vez, um curador de museu pediu dois desses bancos para seus filhos. Perguntaram a ele, "Presentes de graduação?". "Não, as crianças têm apenas cinco e três anos", ele disse. "Mas eu quero que eles tenham a experiência de crescer com algo realmente bom que eles podem manter por toda a vida."

O desenho final do Eames Walnut Stool, datado de setembro de 1960.

Os detalhes não são apenas detalhes; eles fazem o produto.

Mais informações sobre Charles e Ray Eames

Designers de produtos Ray e Charles Eames