Yves Béhar

Banqueta Sayl

Metade superior de um banquinho Sayl preto, visto de um ângulo de 45 graus.

Vivendo sem moldura

Cinza claro Sayl Banco com um assento azul, visto de um ângulo de 45 graus.

Banqueta Sayl

Inspiradas nas pontes suspensas – estruturas que proporcionam o melhor com o mínimo de materiais – as banquetas Sayl ampliam o visual diferenciado da cadeira Sayl projetada por Yves Béhar em configurações que atendem mesas ou balcões altos. Os fios de elastômero do encosto 3D Intelligent proporcionam apoio enquanto você se estica e se movimenta, um equilíbrio saudável entre suporte e liberdade.

Histórico do design

Pedimos que o designer Yves Béhar projetasse uma cadeira altamente acessível, que incorporaria tudo pelo qual a Herman Miller é conhecida: um belo design, ergonomia de primeira categoria, engenharia elegante e respeito ao meio ambiente.

O designer Yves Béhar examina um modelo da cadeira de escritório Sayl.

Uma cadeira suspensa

Béhar, que vive em São Francisco, começou buscando designs que ofereciam mais por menos. E então deu uma olhada no monumento mais conhecido de sua cidade: a Golden Gate Bridge. Béhar se perguntou se os princípios da engenharia de uma ponte suspensa poderiam ser aplicados a uma cadeira.

A ideia de utilizar uma ponte suspensa para oferecer suporte a um encosto de suspensão sem estrutura significava que o material elastomérico poderia ser esticado de forma que proporcionasse a maior tensão nos pontos em que o apoio é necessário e menor resistência em outras zonas que permitisse uma gama mais ampla de movimentos.

Esboços do designer Yves Béhar, mostrando como o Golden Gate Bridge inspirou a cadeira e banqueta do escritório Sayl.
Parte superior de um banquinho Sayl azul, visto de trás.

Algo único

Então por que "Sayl", em vez de, digamos, "Bridge"? Dê uma olhada na cadeira pela lateral. Vê a semelhança com uma vela de barco? O nome remete aos veleiros que passam por debaixo das pontes e que inspiraram o design original. Substituir o "i" da palavra "sail", do inglês "velejar", por um "y" foi uma menção à estrutura de torre em formato de Y inovadora da cadeira de trabalho.

“Não é definido por fronteiras.”

Mais informações sobre Yves Béhar

Designer de produtos Yves Béhar