Produtos de Mark Goetz

“Mark Goetz quer que as pessoas se sintam confortáveis com sua obra, como se cada peça tivesse sido desenhada especialmente para eles”.

Mark Goetz sabe que as pessoas se sentem próximas dos seus móveis. Por isso, seu objetivo é projetar móveis que se encaixam na vida das pessoas tão bem quanto se adequam ao corpo humano.

“Quero que você sinta que os meus designs são seus, como as suas coisas favoritas em casa,” diz Mark. “Não quero apenas desenhar peças que você respeita, quero desenhar objetos que você ame.”

Mark começou a desenhar objetos para serem amados como aluno do Pratt Institute no Brooklyn. Durante seus anos no Pratt, ele foi fortemente impactado pelas palestras de George Nelson e, mais tarde, por Isamu Noguchi. Ele também conheceu Ray Eames, que participou da revisão do seu trabalho. “Conhecer esses mestres do design pessoalmente ampliou o meu entusiasmo pelo futuro,” relembra Mark. “Fui ensinado que a humildade é essencial para uma vida inteira de aprendizado.”

Depois da graduação, Mark foi contratado por diversas empresas de design respeitadas de Nova York, com as quais trabalhou em uma série de projetos, incluindo produtos de consumo e exposições para o Museu de História Natural Americano. Mais tarde, aos 24 anos, ele fundou a sua própria empresa de design. E apesar de gostar de criar produtos infantis para a Marimekko, bolsas de lona para a Le Sportsac e cristais para a Steuben, sua verdadeira paixão sempre foi por mobiliários.

Ao longo da sua carreira, Mark desenhou uma mesa usada por um ex-presidente dos Estados Unidos, lounge chairs usadas para entrevistas no “Today” da NBC e assentos para o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos em Washington DC.

Além disso, Mark retornou para o Pratt, desta vez como professor, onde ensinou os alunos da graduação em design e da pós-graduação no Furniture Studio por 20 anos. Ele também é palestrante ativo nos Estados Unidos e no exterior.

Suas contribuições para a coleção da Herman Miller incluem o sofá Goetz, que foi desenhado para permanecer elegantemente sozinho ou complementar perfeitamente alguns dos produtos clássicos para residências e escritórios que definem o design do século 20. “Se eu me sentasse novamente em uma sala com Nelson, Noguchi ou Eames, eu ainda ouviria ao invés de falar,” diz Mark. “Minhas experiências favoritas são de quando eu estou aprendendo. Ao projetar o sofá, assumi essa função, tentando entender as qualidades da coleção que a tornam tão maravilhosa. Quis criar algo que contribuísse respeitosamente para isso.”

Mais recentemente, as contribuições à coleção incluem a cadeira Full Twist e a cadeira Taper, ambas desenhadas por Mark para a Geiger, uma empresa Herman Miller. Esta última ganhou o prêmio Best of NeoCon Gold de 2017 da revista Contract na categoria de cadeira de escritório ergonômica.

Embora os produtos que Mark desenhou demonstrem seu talento como designer, eles integram temas similares. “Eu tento dar às minhas peças uma expressão silenciosa e reservada, de modo que elas sejam compatíveis com uma variedade de ambientes,” diz ele, “mas também tento construir formas interessantes às quais as pessoas realmente respondam – originais e inspiradoras.”

Além disso, diz ele, “eu quero que as pessoas se sintam confortáveis com meu trabalho para que sintam que foi criado especialmente para elas.”

Escritório/Estúdio

TZ Design
Brooklyn, Nova York